Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Angelita Habr-Gama

É reconhecida como uma das mais renomadas cirurgiãs da história da Medicina Brasileira e uma referência mundial. Exerceu a profissão de Professora Titular de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Cirurgiã no Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Criou a Disciplina de Coloproctologia do Hospital das Clínicas da FMUSP.  

Foi Presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, e indicada pela Organização Mundial de Gastroenterologia (OMGE) como Coordenadora no Brasil do Programa de Prevenção do Câncer Colorretal. Além disso, fundou e preside a Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino (ABRAPRECI).

Reconhecida internacionalmente sendo a primeira mulher a se tornar Membro Honorário da centenária sociedade científica American Surgical Association desde 2002, (60ª dentre os membros dessa Sociedade no Exterior). Dentre os inúmeros prêmios, conquistou o Prêmio Mulheres Mais Influentes Forbes Brasil 2006 pela Revista Forbes Brasil. Cirurgiã com especialidade no Aparelho Digestivo, foi escolhida entre três mulheres selecionadas para a categoria. Também foi a primeira médica latino-americano e a primeira mulher a integrar o seleto grupo de 17 Membros Honorários da European Surgical Association em 2006, e desde 2020 tornou-se Honorária Nacional da Academia Nacional de Medicina. 

Informações do Honorário

Cadeira: -

Outorga: 17/06/2020

Diploma: 18/06/2020

Indicação: Rubens Belfort Mattos Junior

Classificação: Nacional

Informações do Honorário

Cadeira: -

Outorga: 17/06/2020

Diploma: 18/06/2020

Indicação: Rubens Belfort Mattos Junior

Classificação: Nacional

É reconhecida como uma das mais renomadas cirurgiãs da história da Medicina Brasileira e uma referência mundial. Exerceu a profissão de Professora Titular de Cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Cirurgiã no Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Criou a Disciplina de Coloproctologia do Hospital das Clínicas da FMUSP.  

Foi Presidente do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, e indicada pela Organização Mundial de Gastroenterologia (OMGE) como Coordenadora no Brasil do Programa de Prevenção do Câncer Colorretal. Além disso, fundou e preside a Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino (ABRAPRECI).

Reconhecida internacionalmente sendo a primeira mulher a se tornar Membro Honorário da centenária sociedade científica American Surgical Association desde 2002, (60ª dentre os membros dessa Sociedade no Exterior). Dentre os inúmeros prêmios, conquistou o Prêmio Mulheres Mais Influentes Forbes Brasil 2006 pela Revista Forbes Brasil. Cirurgiã com especialidade no Aparelho Digestivo, foi escolhida entre três mulheres selecionadas para a categoria. Também foi a primeira médica latino-americano e a primeira mulher a integrar o seleto grupo de 17 Membros Honorários da European Surgical Association em 2006, e desde 2020 tornou-se Honorária Nacional da Academia Nacional de Medicina.