Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EnglishPortuguêsEspañol

Um gaúcho imortal

“Homem determinado, sensível e apaixonado pela arte, especialmente a música. Ivo era um operário da medicina, sua grande paixão, mas tinha uma cota de audácia e teimosia. Nada tirava o entusiasmo dele. A admiração mútua só cresceu. Doce, generoso e um líder sem prepotência. Teve uma vida plena, cheia de desafios e conquistas brilhantes. A saudade deixa em mim dois sentimentos: o da aventura de tê-lo conhecido e a tristeza de ter aproveitado menos do que eu poderia”, destacou o acadêmico José de Jesus Camargo, durante a Sessão Saudade em memória ao acadêmico Ivo Abrahão Nersalla, falecido dia 16 de dezembro de 2020.

Na abertura, o presidente da Academia Nacional de Medicina, professor Rubens Belfort Jr., pontuou:

 – Nesse encontro, temos a alegria de podermos revisitar suas atividades e conquistas em benefício da medicina e de tantas pessoas.

“Foi um dos médicos gaúchos mais importantes dos nossos tempos. Faz parte da memória do nosso Estado. Ele liderou ações que podem ser resumidas em uma palavra: inovação! Ele foi tudo na medicina e impulsionou a cultura do Rio Grande do Sul. Liderou importantes iniciativas cientificas na sua especialidade e grandes projetos culturais em sua terra natal. A imortalidade de Ivo transcende a academia e suas conquistas e estão gravadas em bronze na nossa cidade” enfatizou o acadêmico Gilberto Schwartsmann.

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.