Transmissão ao vivo
EnglishPortuguêsEspañol

Roberto de Andrade Medronho

Nasceu em 10 de outubro de 1958 no Rio de Janeiro.

Filho de Jayr da Rocha Medronho e Neuza José de Andrade Medronho.

Graduou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982), quando foi monitor das disciplinas de Histologia, Bioquímica, Parasitologia, Medicina Preventiva e Ortopedia.

Médico residente de Pediatria do Hospital da Lagoa (1983-1985) e de Medicina Preventiva e Social do Instituto de Medicina Social da UERJ (1985-1987).  Tem mestrado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1993) e doutorou-se em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1999). Atua na área de Saúde Pública, com ênfase em Epidemiologia.

Atualmente é professor titular do Departamento de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenador do Laboratório de Epidemiologia das Doenças Transmissíveis da UFRJ. Foi um dos criadores do Serviço de Epidemiologia do Hospital Federal dos Servidores do Estado, chefiando este Serviço de 1987 a 1999. Foi chefe do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da UFRJ (2006-2008). Foi membro do Conselho Consultivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa (2007-2010). Foi Diretor do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (2010-2011). Ainda foi diretor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011 a 2020).

Publicou 79 artigos em periódicos especializados e 128 trabalhos em anais de eventos. Possui 15 capítulos de livros e 3 livros publicados, sendo editor chefe do livro Epidemiologia da Editora Atheneu, que é um dos livros mais utilizados nos cursos de graduação e pós-graduação em saúde do país. Orientou 14 dissertações de mestrado, 17 teses de doutorado, supervisionou 4 estágios de pós-doutorado, além de ter orientado 67 alunos de iniciação científica nas áreas de Saúde Pública, Epidemiologia, Doenças Infecciosas e Parasitárias e Probabilidade e Estatística. Cientista de Nosso Estado da FAPERJ e Pesquisador nível 2 do CNPq. Sua principal linha de pesquisa é em Epidemiologia das Doenças Transmissíveis com ênfase nas arboviroses e tuberculose.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 11 de agosto de 2022 com a memória “A epidemia de Zika e as graves consequências para os conceptos de gestantes infectadas”. Sua posse ocorreu em 14 de outubro do mesmo ano sendo saudado pelo Acad. Antonio Nardi.

Currículo Lattes

Discurso de posse

Memória: “A epidemia de Zika e as graves consequências para os conceptos de gestantes infectadas”

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 675

Cadeira: 46 - Júlio Afrânio Peixoto

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 11/08/2022

Posse: 14/10/2022

Sob a presidência: Francisco José Barcellos Sampaio

Saudado: Antonio Egídio Nardi

Antecessor: Adolpho Hoirisch

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 675

Cadeira: 46 - Júlio Afrânio Peixoto

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 11/08/2022

Posse: 14/10/2022

Sob a presidência: Francisco José Barcellos Sampaio

Saudado: Antonio Egídio Nardi

Antecessor: Adolpho Hoirisch

Nasceu em 10 de outubro de 1958 no Rio de Janeiro.

Filho de Jayr da Rocha Medronho e Neuza José de Andrade Medronho.

Graduou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1982), quando foi monitor das disciplinas de Histologia, Bioquímica, Parasitologia, Medicina Preventiva e Ortopedia.

Médico residente de Pediatria do Hospital da Lagoa (1983-1985) e de Medicina Preventiva e Social do Instituto de Medicina Social da UERJ (1985-1987).  Tem mestrado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1993) e doutorou-se em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1999). Atua na área de Saúde Pública, com ênfase em Epidemiologia.

Atualmente é professor titular do Departamento de Doenças Infecciosas e Parasitárias da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro e coordenador do Laboratório de Epidemiologia das Doenças Transmissíveis da UFRJ. Foi um dos criadores do Serviço de Epidemiologia do Hospital Federal dos Servidores do Estado, chefiando este Serviço de 1987 a 1999. Foi chefe do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da UFRJ (2006-2008). Foi membro do Conselho Consultivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa (2007-2010). Foi Diretor do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da UFRJ (2010-2011). Ainda foi diretor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011 a 2020).

Publicou 79 artigos em periódicos especializados e 128 trabalhos em anais de eventos. Possui 15 capítulos de livros e 3 livros publicados, sendo editor chefe do livro Epidemiologia da Editora Atheneu, que é um dos livros mais utilizados nos cursos de graduação e pós-graduação em saúde do país. Orientou 14 dissertações de mestrado, 17 teses de doutorado, supervisionou 4 estágios de pós-doutorado, além de ter orientado 67 alunos de iniciação científica nas áreas de Saúde Pública, Epidemiologia, Doenças Infecciosas e Parasitárias e Probabilidade e Estatística. Cientista de Nosso Estado da FAPERJ e Pesquisador nível 2 do CNPq. Sua principal linha de pesquisa é em Epidemiologia das Doenças Transmissíveis com ênfase nas arboviroses e tuberculose.

Foi eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 11 de agosto de 2022 com a memória “A epidemia de Zika e as graves consequências para os conceptos de gestantes infectadas”. Sua posse ocorreu em 14 de outubro do mesmo ano sendo saudado pelo Acad. Antonio Nardi.

Currículo Lattes

Discurso de posse

Memória: “A epidemia de Zika e as graves consequências para os conceptos de gestantes infectadas”

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.