Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Anadil Vieira Roselli

Nasceu em 9 de dezembro de 1918, em Natal, Rio Grande do Norte.

Filha de Anilda Vieira Roselli e de Alberto Roselli, líder católico, deputado, advogado e jornalista (Diretor do jornal Diário de Natal). Perdeu a mãe antes de completar um ano de idade e foi criada pela tia Maria Cristina. A educação básica primária se fez em casa, com professores particulares. Em 1934, terminado o ginásio, transferiu-se com seu irmão para o Rio de Janeiro.

Em março de 1935, iniciou o curso pré-médico e, em 1936, foi aprovada no exame vestibular. Graduou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil (1941).

Durante o curso médico, frequentou o Serviço de Dermatologia e a Enfermaria de Cirurgia Geral, do Hospital Estácio de Sá, hoje, Hospital da Policlínica Militar. No quarto ano da Faculdade, interessou-se pela Anatomia Patológica, sendo nomeada monitora da disciplina. Em 1941, prestou concurso para Laboratorista Auxiliar e passou em primeiro lugar. Permaneceu nessa função até 1947, quando foi trabalhar no Hospital do Servidores do Estado, recém-inaugurado.

Passou parte de sua vida nos Estados Unidos, onde trabalhou no Serviço de Patologia Infantil e Ginecológica do Chicago Lying-in Hospital da Universidade de Chicago; na Clínica Mayo, nos hospitais Methodist e St. Mary. Durante sua estadia nos Estados Unidos, visitou vários serviços de Patologia em diferentes cidades.

Atuou como Patologista do Hospital dos Servidores do Estado (1948-1970), tendo exercido de 1949 a 1958 o cargo de Chefe de Clínica do Serviço de Anatomia Patológica; da Casa de Saúde São Miguel (1959-1964), sendo Diretora e Chefe de Departamento de Cirurgia e do Hospital Ipanema (1970-1984). Foi Visitante do Hospital São Marcos, em Londres (Serviço do Dr. Basil Morson).

Sócia Efetiva da Sociedade Brasileira de Patologistas, 1957; Membro da American Society of Pathologists, 1960; Membro Titular Colaborador em Patologia do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Sócia Benfeitora da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, 1990.

Foi Membro do Conselho da Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, a partir de 1996.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular na Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Patologia da Gastrite Crônica por Helicobacter pylori”. Na instituição, atuou como Editora Chefe dos Anais da Academia Nacional de Medicina,

Faleceu em 15 de abril de 2012.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 583

Cadeira: 96 - Rodolpho Albino Dias da Silva

Membro: Titular

Secção: Ciencias aplicadas à Medicina

Eleição: 27/07/1995

Posse: 13/09/1995

Sob a presidência: Rubem David Azulay

Saudado: Francisco Fialho

Antecessor: Onofre Ferreira de Castro

Falecimento: 15/04/2012

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 583

Cadeira: 96 - Rodolpho Albino Dias da Silva

Membro: Titular

Secção: Ciencias aplicadas à Medicina

Eleição: 27/07/1995

Posse: 13/09/1995

Sob a presidência: Rubem David Azulay

Saudado: Francisco Fialho

Antecessor: Onofre Ferreira de Castro

Falecimento: 15/04/2012

Nasceu em 9 de dezembro de 1918, em Natal, Rio Grande do Norte.

Filha de Anilda Vieira Roselli e de Alberto Roselli, líder católico, deputado, advogado e jornalista (Diretor do jornal Diário de Natal). Perdeu a mãe antes de completar um ano de idade e foi criada pela tia Maria Cristina. A educação básica primária se fez em casa, com professores particulares. Em 1934, terminado o ginásio, transferiu-se com seu irmão para o Rio de Janeiro.

Em março de 1935, iniciou o curso pré-médico e, em 1936, foi aprovada no exame vestibular. Graduou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil (1941).

Durante o curso médico, frequentou o Serviço de Dermatologia e a Enfermaria de Cirurgia Geral, do Hospital Estácio de Sá, hoje, Hospital da Policlínica Militar. No quarto ano da Faculdade, interessou-se pela Anatomia Patológica, sendo nomeada monitora da disciplina. Em 1941, prestou concurso para Laboratorista Auxiliar e passou em primeiro lugar. Permaneceu nessa função até 1947, quando foi trabalhar no Hospital do Servidores do Estado, recém-inaugurado.

Passou parte de sua vida nos Estados Unidos, onde trabalhou no Serviço de Patologia Infantil e Ginecológica do Chicago Lying-in Hospital da Universidade de Chicago; na Clínica Mayo, nos hospitais Methodist e St. Mary. Durante sua estadia nos Estados Unidos, visitou vários serviços de Patologia em diferentes cidades.

Atuou como Patologista do Hospital dos Servidores do Estado (1948-1970), tendo exercido de 1949 a 1958 o cargo de Chefe de Clínica do Serviço de Anatomia Patológica; da Casa de Saúde São Miguel (1959-1964), sendo Diretora e Chefe de Departamento de Cirurgia e do Hospital Ipanema (1970-1984). Foi Visitante do Hospital São Marcos, em Londres (Serviço do Dr. Basil Morson).

Sócia Efetiva da Sociedade Brasileira de Patologistas, 1957; Membro da American Society of Pathologists, 1960; Membro Titular Colaborador em Patologia do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Sócia Benfeitora da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, 1990.

Foi Membro do Conselho da Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, a partir de 1996.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular na Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Patologia da Gastrite Crônica por Helicobacter pylori”. Na instituição, atuou como Editora Chefe dos Anais da Academia Nacional de Medicina,

Faleceu em 15 de abril de 2012.