Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Flavio Antônio Quilici

Flávio Antônio Quílici nasceu em Rio Claro, São Paulo, em 8 de outubro de 1946, filho de Godofredo Quilici e Antonieta de Lima Quilici. Casou-se com Jane Raquel Marques Quilici, com quem teve três filhos, Ricardo, Raquel e Lisandra e têm três netas, Giovanna, Gabriella e Flavia.

Fez o ensino básico onde nasceu, de 1954 a 1964, quando foi para Ribeirão Preto, São Paulo, completar o ensino básico e fazer o curso preparatório para o vestibular para Medicina. No vestibular do CESCEM de 1966, foi aprovado na UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) onde cursou a Faculdade de Ciências Médicas (FCM), formando-se em 1971. Durante a graduação do curso médico, foi monitor da disciplina de Fisiologia da FCM, por concurso, de 1967 a 1971.

No início de 1972, fez concurso para Residência em Cirurgia Geral, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), e aprovado, cursou de 1972 a 1973 e lá, permaneceu como assistente convidado de 1974 a 1979. Em julho de 1979 foi contratado como professor assistente de Clínica Cirúrgica, iniciando o Departamento de Clínica Cirúrgica da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas). Nela foi, professor assistente de 1979 a 1983, depois, por concurso, professor adjunto de 1983 a 1990 e professor titular da Disciplina de Cirurgia Digestiva, de 1990 a 2017, quando se aposentou. Foi também, coordenador do Curso de Pós-Graduação de Ciências Médicas da PUC de Campinas, de 1998 a 2003.

Cursou o programa de Pós-graduação da UNICAMP, de 1984 a 1988, tendo obtido o título de Mestre em Medicina (com louvor), em 1986, com a defesa da tese “Estenose Anal – Nova técnica de anoplastia”, e depois o título de Doutor em Clínica Cirúrgica (com louvor), com a defesa da tese “Anastomose Mecânica e Manual em Reto Extraperitoneal – Estudo Experimental Comparativo em Cães“, em 1988.

Estagiou na Faculdade de Medicina da Universidade de Tóquio, Japão, nas subespecialidades de videocolonoscopia e videocirurgia digestiva, de maio a agosto de 1994.

Possui cinco especializações, segundo as normas da Associação Médica Brasileira (AMB), nas seguintes áreas: Cirurgia Geral, em 1975, pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Coloproctologia, em 1976, pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia; Endoscopia Digestiva, em 1983, pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva; Cirurgia do Aparelho Digestivo, em 1991, pelo Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva e Gastroenterologia, em 1992, pela Federação Brasileira de Gastroenterologia. Possui duas especializações em áreas de atuação: cirurgia vídeo-laparoscópica e cirurgia oncológica coloproctológica, ambas pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Participa de várias sociedades médicas nacionais, onde teve 21 cargos diretivos. Os principais são:

• Colégio Brasileiro de Cirurgiões, como associado desde 1972, passando a titular em 1975 e Cirurgião Emérito, desde 2015. Também foi seu vice-mestre, biênio 1983-1984.

• Sociedade Brasileira de Coloproctologia, como associado desde 1972, passando a titular desde 1976. Foi seu vice-presidente Nacional, biênio 1997-1998 e Presidente Nacional, biênio 1999 e 2000.

• Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, como fundador em 1976, membro titular desde 1983, Presidente do Capítulo de São Paulo, biênio 1982-1983, Vice-presidente Nacional, biênio 2001-2002 e Presidente Nacional, biênio 2003-2004.

• Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, como seu fundador em 1988 e membro titular desde 1991.

• Federação Brasileira de Gastroenterologia, como associado desde 1975, membro titular desde 1989, Presidente da Sociedade de Gastroenterologia do Estado de São Paulo, biênio 2013-2014 e Presidente Nacional, biênio 2017-2018.

Das entidades médicas internacionais é associado: International Society of University Colon and Rectal Surgeons; International College of Surgeons; American Society of Colon & Rectal Surgeons; American Gastroenterological Association; American Society for Gastrointestinal Endoscopy; Asociación Interamericana de Gastroenterología; European Society of Neurogastroenterology & Motility; e Associação Latino-americana de Coloproctologia.

Publicou 19 livros médicos: Síndrome do Intestino Irritável – Um consenso regional, em 1999, com André SB; Tratado de Colonoscopia, em 2000; Atlas de Proctologia – do diagnóstico ao tratamento, em 2000, com Reis Neto JA; News Trends in Coloproctology, em 2000, com Reis Neto JA; Retocolite ulcerativa na prática diária, em 2002; Doenças Anorretais, em 2002; Dispepsias e Gastrites, em 2002, com Magalhães AF; Doenças Funcionais em Gastroenterologia, em 2003, com Francisconi CFM e Lopes MHI; Doença do Refluxo Gastresofágico, em 2003; Colites Inespecíficas, em 2004; Constipação Intestinal, em 2004; Doença Inflamatória Intestinal, 2005, com Haddad MT; Síndrome do Intestino Irritável – uma abordagem prática, em 2006; Doença Inflamatória Intestinal: Guia prático, em 2007; Síndrome do Intestino Irritável – visão integrada ao Roma III, em 2008; Doença Inflamatória Intestinal, em 2010, com Miszputen SJ; A História da Coloproctologia e suas curiosidades, em 2016; Desafios terapêuticos na prática do gastroenterologista, em 2017; A Gastroenterologia no Idoso, em 2018; e A Gastroenterologia no Século XXI, em 2019.

Foi autor de 103 capítulos de livros médicos nacionais e 9 internacionais. Tem 187 trabalhos publicados em revistas médico-científicas e 19 internacionais.

Participou de 1.153 eventos médico-científicos (congressos) nacionais, onde apresentou 746 trabalhos e em 217 internacionais, com 19 trabalhos.

Organizou 343 eventos médico-científicos nacionais, sendo os principais: Presidente do VI Seminário Brasileiro de Endoscopia Digestiva; Presidente do Congresso Brasileiro de Coloproctologia; Presidente do Congresso Brasileiro de Endoscopia Digestiva; Presidente do Congresso Brasileiro de Gastroenterologia; e Presidente da Semana Brasileira do Aparelho Digestivo. Os principais internacionais foram: Comissão Científica do Congresso Mundial de Gastroenterologia; Secretário Geral do Congresso Latino-americano de Coloproctologia; Presidente do Congresso Mundial de Coloproctologia; Secretário do Congresso Latino-americano de Coloproctologia e Presidente do Congresso Pan-americano de Enfermidades Digestivas.

Foi orientador de mestrado de quatro pós-graduandos, avaliou 26 teses de mestrado, 17 de doutorado e 11 concursos para professor titular.

Proferiu 2.186 palestras e conferências em eventos médico-científicos nacionais e 125 internacionais.

É editor de 14 Revistas Médicas Nacionais indexadas; consultordo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), desde 1991 e membro do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINES), desde 2005.

Participou de pesquisas como coordenador para Pesquisas na Área da Saúde da PUC Campinas, de 1986 a 2017; e diretor do Centro de Pesquisas Clínicas Campinas, desde 2003. Realizou 41 pesquisas clínicas (multicêntricas) nacionais e 8 internacionais.

Recebeu premiações e honrarias de 18 entidades médicas, de 6 universidades e em 6 cerimônias de formandos de medicina (nome de turma). As principais nacionais foram: Membro Honorário Nacional da Academia Nacional de Medicina; Membro Titular da Academia de Medicina de São Paulo; Título de Cidadão Campineiro pela Câmara Municipal de Campinas; Troféu por Atuação Relevante da Câmara Municipal de Rio Claro, área médica; Diploma do Mérito Médico de Campinas, pela Câmara Municipal de Campinas; Troféu por Atuação Relevante na Coloproctologia Brasileira da Sociedade Brasileira de Coloproctologia; Diploma por Atuação Relevante na Gastroenterologia Brasileira da Federação Brasileira de Gastroenterologia; Diploma de Cirurgião Emérito do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Diploma por Atuação Relevante na Coloproctologia do Estado de São Paulo, da Associação de Coloproctologia do Estado de São Paulo; Prêmio DocTalks, como presidente do maior Congresso Brasileiro e Latino-americano de Gastroenterologia; Membro Honorário da Sociedade Norte-Nordeste de Coloproctologia; e Diploma de Honra ao Mérito Dr. Albert Sabin da Sociedade Cultural Brasileira. As internacionais foram: Diploma de Membro Honorário da Sociedade Mexicana de Coloproctologia, Acapulco, México; Diploma de Membro Honorário da Sociedade Equatoriana de Gastroenterologia, Guayaquil, Equador; Diploma de Membro Honorário da Sociedade Peruana de Gastroenterologia, Lima, Peru; Homenagem como Liderança em Gastroenterologia das Américas da Organización Panamericana de Gastroenterología (OPGE); Troféu Lonza por Contribuição Relevante na Gastroenterologia Brasileira, em Greenville (SC), EUA.   

Informações do Honorário

Outorga: 27/10/2016

Diploma: 12/09/2017

Classificação: Nacional

Informações do Honorário

Outorga: 27/10/2016

Diploma: 12/09/2017

Classificação: Nacional

Flávio Antônio Quílici nasceu em Rio Claro, São Paulo, em 8 de outubro de 1946, filho de Godofredo Quilici e Antonieta de Lima Quilici. Casou-se com Jane Raquel Marques Quilici, com quem teve três filhos, Ricardo, Raquel e Lisandra e têm três netas, Giovanna, Gabriella e Flavia.

Fez o ensino básico onde nasceu, de 1954 a 1964, quando foi para Ribeirão Preto, São Paulo, completar o ensino básico e fazer o curso preparatório para o vestibular para Medicina. No vestibular do CESCEM de 1966, foi aprovado na UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) onde cursou a Faculdade de Ciências Médicas (FCM), formando-se em 1971. Durante a graduação do curso médico, foi monitor da disciplina de Fisiologia da FCM, por concurso, de 1967 a 1971.

No início de 1972, fez concurso para Residência em Cirurgia Geral, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), e aprovado, cursou de 1972 a 1973 e lá, permaneceu como assistente convidado de 1974 a 1979. Em julho de 1979 foi contratado como professor assistente de Clínica Cirúrgica, iniciando o Departamento de Clínica Cirúrgica da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas). Nela foi, professor assistente de 1979 a 1983, depois, por concurso, professor adjunto de 1983 a 1990 e professor titular da Disciplina de Cirurgia Digestiva, de 1990 a 2017, quando se aposentou. Foi também, coordenador do Curso de Pós-Graduação de Ciências Médicas da PUC de Campinas, de 1998 a 2003.

Cursou o programa de Pós-graduação da UNICAMP, de 1984 a 1988, tendo obtido o título de Mestre em Medicina (com louvor), em 1986, com a defesa da tese “Estenose Anal – Nova técnica de anoplastia”, e depois o título de Doutor em Clínica Cirúrgica (com louvor), com a defesa da tese “Anastomose Mecânica e Manual em Reto Extraperitoneal – Estudo Experimental Comparativo em Cães“, em 1988.

Estagiou na Faculdade de Medicina da Universidade de Tóquio, Japão, nas subespecialidades de videocolonoscopia e videocirurgia digestiva, de maio a agosto de 1994.

Possui cinco especializações, segundo as normas da Associação Médica Brasileira (AMB), nas seguintes áreas: Cirurgia Geral, em 1975, pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Coloproctologia, em 1976, pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia; Endoscopia Digestiva, em 1983, pela Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva; Cirurgia do Aparelho Digestivo, em 1991, pelo Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva e Gastroenterologia, em 1992, pela Federação Brasileira de Gastroenterologia. Possui duas especializações em áreas de atuação: cirurgia vídeo-laparoscópica e cirurgia oncológica coloproctológica, ambas pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões.

Participa de várias sociedades médicas nacionais, onde teve 21 cargos diretivos. Os principais são:

• Colégio Brasileiro de Cirurgiões, como associado desde 1972, passando a titular em 1975 e Cirurgião Emérito, desde 2015. Também foi seu vice-mestre, biênio 1983-1984.

• Sociedade Brasileira de Coloproctologia, como associado desde 1972, passando a titular desde 1976. Foi seu vice-presidente Nacional, biênio 1997-1998 e Presidente Nacional, biênio 1999 e 2000.

• Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, como fundador em 1976, membro titular desde 1983, Presidente do Capítulo de São Paulo, biênio 1982-1983, Vice-presidente Nacional, biênio 2001-2002 e Presidente Nacional, biênio 2003-2004.

• Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, como seu fundador em 1988 e membro titular desde 1991.

• Federação Brasileira de Gastroenterologia, como associado desde 1975, membro titular desde 1989, Presidente da Sociedade de Gastroenterologia do Estado de São Paulo, biênio 2013-2014 e Presidente Nacional, biênio 2017-2018.

Das entidades médicas internacionais é associado: International Society of University Colon and Rectal Surgeons; International College of Surgeons; American Society of Colon & Rectal Surgeons; American Gastroenterological Association; American Society for Gastrointestinal Endoscopy; Asociación Interamericana de Gastroenterología; European Society of Neurogastroenterology & Motility; e Associação Latino-americana de Coloproctologia.

Publicou 19 livros médicos: Síndrome do Intestino Irritável – Um consenso regional, em 1999, com André SB; Tratado de Colonoscopia, em 2000; Atlas de Proctologia – do diagnóstico ao tratamento, em 2000, com Reis Neto JA; News Trends in Coloproctology, em 2000, com Reis Neto JA; Retocolite ulcerativa na prática diária, em 2002; Doenças Anorretais, em 2002; Dispepsias e Gastrites, em 2002, com Magalhães AF; Doenças Funcionais em Gastroenterologia, em 2003, com Francisconi CFM e Lopes MHI; Doença do Refluxo Gastresofágico, em 2003; Colites Inespecíficas, em 2004; Constipação Intestinal, em 2004; Doença Inflamatória Intestinal, 2005, com Haddad MT; Síndrome do Intestino Irritável – uma abordagem prática, em 2006; Doença Inflamatória Intestinal: Guia prático, em 2007; Síndrome do Intestino Irritável – visão integrada ao Roma III, em 2008; Doença Inflamatória Intestinal, em 2010, com Miszputen SJ; A História da Coloproctologia e suas curiosidades, em 2016; Desafios terapêuticos na prática do gastroenterologista, em 2017; A Gastroenterologia no Idoso, em 2018; e A Gastroenterologia no Século XXI, em 2019.

Foi autor de 103 capítulos de livros médicos nacionais e 9 internacionais. Tem 187 trabalhos publicados em revistas médico-científicas e 19 internacionais.

Participou de 1.153 eventos médico-científicos (congressos) nacionais, onde apresentou 746 trabalhos e em 217 internacionais, com 19 trabalhos.

Organizou 343 eventos médico-científicos nacionais, sendo os principais: Presidente do VI Seminário Brasileiro de Endoscopia Digestiva; Presidente do Congresso Brasileiro de Coloproctologia; Presidente do Congresso Brasileiro de Endoscopia Digestiva; Presidente do Congresso Brasileiro de Gastroenterologia; e Presidente da Semana Brasileira do Aparelho Digestivo. Os principais internacionais foram: Comissão Científica do Congresso Mundial de Gastroenterologia; Secretário Geral do Congresso Latino-americano de Coloproctologia; Presidente do Congresso Mundial de Coloproctologia; Secretário do Congresso Latino-americano de Coloproctologia e Presidente do Congresso Pan-americano de Enfermidades Digestivas.

Foi orientador de mestrado de quatro pós-graduandos, avaliou 26 teses de mestrado, 17 de doutorado e 11 concursos para professor titular.

Proferiu 2.186 palestras e conferências em eventos médico-científicos nacionais e 125 internacionais.

É editor de 14 Revistas Médicas Nacionais indexadas; consultordo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), desde 1991 e membro do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINES), desde 2005.

Participou de pesquisas como coordenador para Pesquisas na Área da Saúde da PUC Campinas, de 1986 a 2017; e diretor do Centro de Pesquisas Clínicas Campinas, desde 2003. Realizou 41 pesquisas clínicas (multicêntricas) nacionais e 8 internacionais.

Recebeu premiações e honrarias de 18 entidades médicas, de 6 universidades e em 6 cerimônias de formandos de medicina (nome de turma). As principais nacionais foram: Membro Honorário Nacional da Academia Nacional de Medicina; Membro Titular da Academia de Medicina de São Paulo; Título de Cidadão Campineiro pela Câmara Municipal de Campinas; Troféu por Atuação Relevante da Câmara Municipal de Rio Claro, área médica; Diploma do Mérito Médico de Campinas, pela Câmara Municipal de Campinas; Troféu por Atuação Relevante na Coloproctologia Brasileira da Sociedade Brasileira de Coloproctologia; Diploma por Atuação Relevante na Gastroenterologia Brasileira da Federação Brasileira de Gastroenterologia; Diploma de Cirurgião Emérito do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; Diploma por Atuação Relevante na Coloproctologia do Estado de São Paulo, da Associação de Coloproctologia do Estado de São Paulo; Prêmio DocTalks, como presidente do maior Congresso Brasileiro e Latino-americano de Gastroenterologia; Membro Honorário da Sociedade Norte-Nordeste de Coloproctologia; e Diploma de Honra ao Mérito Dr. Albert Sabin da Sociedade Cultural Brasileira. As internacionais foram: Diploma de Membro Honorário da Sociedade Mexicana de Coloproctologia, Acapulco, México; Diploma de Membro Honorário da Sociedade Equatoriana de Gastroenterologia, Guayaquil, Equador; Diploma de Membro Honorário da Sociedade Peruana de Gastroenterologia, Lima, Peru; Homenagem como Liderança em Gastroenterologia das Américas da Organización Panamericana de Gastroenterología (OPGE); Troféu Lonza por Contribuição Relevante na Gastroenterologia Brasileira, em Greenville (SC), EUA.