Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

José Maria Noronha Feital

Nasceu em 2 de fevereiro de 1818, em Cantagalo, no Rio de Janeiro. Filho de José Maria de Noronha Feital e de D. Tereza Ignácia de Noronha Feital.

Doutorou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 12 de dezembro de 1839, defendendo a tese intitulada “Algumas proposições em Medicina”.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1846, apresentando a Memória intitulada “Sistema Homeopático”. Durante o período em que esteve na instituição exerceu o cargo de Redator dos Anais de Medicina entre os anos de 1853 a 1854.

Em 14 de fevereiro de 1850, o dr. José Maria de Noronha Feital, escreveu artigo a respeito das medidas para prevenção contra a febre amarela, que recebeu ampla divulgação (Feital, 1850). Certamente, foi deste escrito que o Ministério do Império retirou as determinações que, coincidentemente, no mesmo dia 14 de fevereiro, enviou à Câmara Municipal para serem tomadas.

Serviu à Marinha com 2º Cirurgião do Hospital de Marinha em 1852, tornou-se Tenente Cirurgião do Hospital da Marinha da Côrte, posteriormente Cirurgião Mor da Marinha Imperial e chegou ao posto de Capitão de Mar e Guerra.

Publicou vários trabalhos de sua especialidade, dentre estes “Algumas proposições em Medicina”, “Memória sobre as medidas conducentes a prevenir e atalhar o progresso da febre amarela” (1850) e ainda publicou vários artigos na imprensa da época.

Recebeu em homenagem aos serviços prestados a Corte Imperial, as condecorações da Ordem Militar de S. Bento de Aviz, Imperiais Ordem da Rosa e de N.S. Jesus Christo.

Faleceu em 15 de julho de 1873, no município de Cantagalo, no Rio de Janeiro.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 63

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 04/06/1846

Posse: 04/06/1846

Sob a presidência: Joaquim Candido Soares de Meirelles

Falecimento: 15/07/1873

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 63

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 04/06/1846

Posse: 04/06/1846

Sob a presidência: Joaquim Candido Soares de Meirelles

Falecimento: 15/07/1873

Nasceu em 2 de fevereiro de 1818, em Cantagalo, no Rio de Janeiro. Filho de José Maria de Noronha Feital e de D. Tereza Ignácia de Noronha Feital.

Doutorou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 12 de dezembro de 1839, defendendo a tese intitulada “Algumas proposições em Medicina”.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1846, apresentando a Memória intitulada “Sistema Homeopático”. Durante o período em que esteve na instituição exerceu o cargo de Redator dos Anais de Medicina entre os anos de 1853 a 1854.

Em 14 de fevereiro de 1850, o dr. José Maria de Noronha Feital, escreveu artigo a respeito das medidas para prevenção contra a febre amarela, que recebeu ampla divulgação (Feital, 1850). Certamente, foi deste escrito que o Ministério do Império retirou as determinações que, coincidentemente, no mesmo dia 14 de fevereiro, enviou à Câmara Municipal para serem tomadas.

Serviu à Marinha com 2º Cirurgião do Hospital de Marinha em 1852, tornou-se Tenente Cirurgião do Hospital da Marinha da Côrte, posteriormente Cirurgião Mor da Marinha Imperial e chegou ao posto de Capitão de Mar e Guerra.

Publicou vários trabalhos de sua especialidade, dentre estes “Algumas proposições em Medicina”, “Memória sobre as medidas conducentes a prevenir e atalhar o progresso da febre amarela” (1850) e ainda publicou vários artigos na imprensa da época.

Recebeu em homenagem aos serviços prestados a Corte Imperial, as condecorações da Ordem Militar de S. Bento de Aviz, Imperiais Ordem da Rosa e de N.S. Jesus Christo.

Faleceu em 15 de julho de 1873, no município de Cantagalo, no Rio de Janeiro.