Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Luiz Alfredo Corrêa da Costa

Nasceu em 22 de novembro de 1914, em Cuiabá (MT).

Filho do Acadêmico Clovis Corrêa da Costa e de (Maria Luiza) Cora Novis Corrêa da Costa.

Graduou-se pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil (atual UFRJ) em 1937.

Atuou como Professor Catedrático de Obstetrícia na Faculdade de Ciências Médicas (UEG), Docente-livre de Obstetrícia na Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, Docente-Livre na Faculdade de Ciências Médicas (UEG) e Professor de Operações Obstetrícias na Universidade do Brasil. Ministrou inúmeros cursos de extensão e foi examinador em vários Concursos de Docência.

Chefe do Serviço de Ginecologia do Hospital Gaffrée e Guinle (1938) e do Ambulatório de Higiene Pré-Natal e Ginecologia do Patronato da Gávea (1946). Atuou também como Diretor da Maternidade Clóvis Corrêa da Costa do Instituto Fernandes Figueira (1957) e do Serviço de Obstetrícia do Hospital Pedro Ernesto (1970), da antiga Universidade do Estado da Guanabara (atual UERJ).

Presidente do Centro de Estudos Olinto de Oliveira, do Instituto Fernandes Figueira (1962), e do Centro de Estudos da Maternidade Carmela Dutra (1963).

Foi membro de diversas instituições cientificas, nacionais e internacionais, entre elas a Sociedade Brasileira de Esterilidade e a Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro, nas duas como Membro Fundador. Além disso, integrou a diretoria da Sociedade Brasileira de Ginecologia de 1957 a 1962.

Participou em congressos e jornadas científicas, no Brasil e no exterior; organizou simpósios e mesas redondas e foi homenageado diversas vezes. Dentre dezenas de trabalhos publicados destacam-se: “Persistência da gravidez após extirpação do corpo amarelo gravídico”; “Prematuridade sob o ponto de vista obstétrico” e “Da Pré-Eclampsia Estudo e Interpretação das lesões Glomerulares e Vasculares do Rim”.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Gravidez e Diabetes Classe A”.

Faleceu em 03 de julho de 2007.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 484

Cadeira: 61 - Luiz da Cunha Feijó (Visconde de Santa Isabel)

Membro: Emérito

Secção: Cirurgia

Eleição: 17/05/1973

Posse: 20/06/1973

Sob a presidência: José Leme Lopes

Emerência: 22/07/1999

Antecessor: Clovis Corrêa da Costa

Falecimento: 03/07/2007

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 484

Cadeira: 61 - Luiz da Cunha Feijó (Visconde de Santa Isabel)

Membro: Emérito

Secção: Cirurgia

Eleição: 17/05/1973

Posse: 20/06/1973

Sob a presidência: José Leme Lopes

Emerência: 22/07/1999

Antecessor: Clovis Corrêa da Costa

Falecimento: 03/07/2007

Nasceu em 22 de novembro de 1914, em Cuiabá (MT).

Filho do Acadêmico Clovis Corrêa da Costa e de (Maria Luiza) Cora Novis Corrêa da Costa.

Graduou-se pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil (atual UFRJ) em 1937.

Atuou como Professor Catedrático de Obstetrícia na Faculdade de Ciências Médicas (UEG), Docente-livre de Obstetrícia na Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, Docente-Livre na Faculdade de Ciências Médicas (UEG) e Professor de Operações Obstetrícias na Universidade do Brasil. Ministrou inúmeros cursos de extensão e foi examinador em vários Concursos de Docência.

Chefe do Serviço de Ginecologia do Hospital Gaffrée e Guinle (1938) e do Ambulatório de Higiene Pré-Natal e Ginecologia do Patronato da Gávea (1946). Atuou também como Diretor da Maternidade Clóvis Corrêa da Costa do Instituto Fernandes Figueira (1957) e do Serviço de Obstetrícia do Hospital Pedro Ernesto (1970), da antiga Universidade do Estado da Guanabara (atual UERJ).

Presidente do Centro de Estudos Olinto de Oliveira, do Instituto Fernandes Figueira (1962), e do Centro de Estudos da Maternidade Carmela Dutra (1963).

Foi membro de diversas instituições cientificas, nacionais e internacionais, entre elas a Sociedade Brasileira de Esterilidade e a Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro, nas duas como Membro Fundador. Além disso, integrou a diretoria da Sociedade Brasileira de Ginecologia de 1957 a 1962.

Participou em congressos e jornadas científicas, no Brasil e no exterior; organizou simpósios e mesas redondas e foi homenageado diversas vezes. Dentre dezenas de trabalhos publicados destacam-se: “Persistência da gravidez após extirpação do corpo amarelo gravídico”; “Prematuridade sob o ponto de vista obstétrico” e “Da Pré-Eclampsia Estudo e Interpretação das lesões Glomerulares e Vasculares do Rim”.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Gravidez e Diabetes Classe A”.

Faleceu em 03 de julho de 2007.