Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Luiz Francisco Bonjean

Nasceu em 27 de maio de 1808, em Chamberry, na França. Graduou-se pela Universidade de Turim e revalidou seu título pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1840 apresentando a memória intitulada “Amaurose”. Sua cerimônia de posse ocorreu no dia 26 de março de 1840, sob a presidência do Acadêmico Francisco de Paula Candido.

Foi membro de diversas associações no exterior. Entre as condecorações recebidas podemos destacar a do Mérito Militar e Marítimo da Sardenha, da Coroa da Itália, e a de Cavaleiro de São Lázaro e São Maurício.

Apesar de exercer a especialidade dos olhos, era um homem que tinha conhecimento em outras áreas, comprovado por seus trabalhos sobre cirurgia geral, clínica, fraturas e operação de aneurismas.

Duas obras de medicina popular foram de sua autoria: O médico e o cirurgião da roça (1847, com duas edições) e Primeiros socorros ou a medicina e cirurgia simplificada (1866), que ensinavam a tratar das doenças clínicas e cirúrgicas.

Faleceu em 8 de fevereiro de 1892, na cidade do Rio de Janeiro.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 53

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 12/03/1840

Posse: 26/03/1840

Sob a presidência: Francisco de Paula Cândido

Falecimento: 08/02/1892

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 53

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 12/03/1840

Posse: 26/03/1840

Sob a presidência: Francisco de Paula Cândido

Falecimento: 08/02/1892

Nasceu em 27 de maio de 1808, em Chamberry, na França. Graduou-se pela Universidade de Turim e revalidou seu título pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1840 apresentando a memória intitulada “Amaurose”. Sua cerimônia de posse ocorreu no dia 26 de março de 1840, sob a presidência do Acadêmico Francisco de Paula Candido.

Foi membro de diversas associações no exterior. Entre as condecorações recebidas podemos destacar a do Mérito Militar e Marítimo da Sardenha, da Coroa da Itália, e a de Cavaleiro de São Lázaro e São Maurício.

Apesar de exercer a especialidade dos olhos, era um homem que tinha conhecimento em outras áreas, comprovado por seus trabalhos sobre cirurgia geral, clínica, fraturas e operação de aneurismas.

Duas obras de medicina popular foram de sua autoria: O médico e o cirurgião da roça (1847, com duas edições) e Primeiros socorros ou a medicina e cirurgia simplificada (1866), que ensinavam a tratar das doenças clínicas e cirúrgicas.

Faleceu em 8 de fevereiro de 1892, na cidade do Rio de Janeiro.