Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Oscar Adolfo de Bulhões Ribeiro

Nasceu em 1º de março de 1846, no município de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. Filho de Francisco Manoel de Bulhões Ribeiro e de D. Maria Cândida de Bulhões Ribeiro.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1870, defendendo a tese intitulada “Da Uretrotomia”.

Foi agraciado com o uso da Cruz de Cavaleiro da Ordem de Francisco José I, o Imperador da Áustria, em 1875.

Em 1883, foi nomeado adjunto à cadeira de Anatomia Descritiva e professor catedrático de Clínica Cirúrgica ambas na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e atuou como facultativo da Clínica Cirúrgica da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.

Tornou-se pioneiro ao realizar com sucesso o primeiro procedimento da cistolitotomia supra púbica no Rio de Janeiro em 1886.

O Presidente Prudente de Morais padecia de cálculo da bexiga, e com a doença se agravando, em 29 de outubro de 1896, foi operado na sua residência de verão pelo Dr. Oscar Adolfo de Bulhões Ribeiro acompanhado pelo Dr. Barão de Pedro Affonso. A convalescença foi demorada e em carta do dia 10 de novembro de 1896, a conselho do Dr. Barão de Pedro Affonso, Prudente de Morais passou temporariamente o cargo de presidente da República ao seu vice, o Dr. Manuel Vitorino Pereira. Completamente restabelecido, Prudente de Morais reassumiu o governo no dia 4 de março de 1897.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina um ano depois da cirurgia bem-sucedida que realizou no presidente Prudente de Morais. Durante o período em que esteve na instituição exerceu o cargo de Presidente da Secção de Cirurgia (1898-1899).

Faleceu aos 52 anos, em 1º de novembro de 1898.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 181

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção:

Eleição: 18/11/1897

Posse: 25/11/1897

Sob a presidência: Antonio José Pereira da Silva Araújo

Falecimento: 01/11/1898

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 181

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção:

Eleição: 18/11/1897

Posse: 25/11/1897

Sob a presidência: Antonio José Pereira da Silva Araújo

Falecimento: 01/11/1898

Nasceu em 1º de março de 1846, no município de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. Filho de Francisco Manoel de Bulhões Ribeiro e de D. Maria Cândida de Bulhões Ribeiro.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1870, defendendo a tese intitulada “Da Uretrotomia”.

Foi agraciado com o uso da Cruz de Cavaleiro da Ordem de Francisco José I, o Imperador da Áustria, em 1875.

Em 1883, foi nomeado adjunto à cadeira de Anatomia Descritiva e professor catedrático de Clínica Cirúrgica ambas na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e atuou como facultativo da Clínica Cirúrgica da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.

Tornou-se pioneiro ao realizar com sucesso o primeiro procedimento da cistolitotomia supra púbica no Rio de Janeiro em 1886.

O Presidente Prudente de Morais padecia de cálculo da bexiga, e com a doença se agravando, em 29 de outubro de 1896, foi operado na sua residência de verão pelo Dr. Oscar Adolfo de Bulhões Ribeiro acompanhado pelo Dr. Barão de Pedro Affonso. A convalescença foi demorada e em carta do dia 10 de novembro de 1896, a conselho do Dr. Barão de Pedro Affonso, Prudente de Morais passou temporariamente o cargo de presidente da República ao seu vice, o Dr. Manuel Vitorino Pereira. Completamente restabelecido, Prudente de Morais reassumiu o governo no dia 4 de março de 1897.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina um ano depois da cirurgia bem-sucedida que realizou no presidente Prudente de Morais. Durante o período em que esteve na instituição exerceu o cargo de Presidente da Secção de Cirurgia (1898-1899).

Faleceu aos 52 anos, em 1º de novembro de 1898.