Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Osvaldo da Costa Cardoso de Melo

Graduado em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil, tendo o título de especialista do Conselho Brasileiro de Oftalmologia/Associação Médica Brasileira. Destacou-se como o primeiro Oftalmologista a realizar transplantes de córnea no antigo Estado do Rio de Janeiro, em Campos, em 1959, ainda foi o primeiro Oftalmologista a realizar cria-extração de catarata no antigo Estado do Rio de Janeiro, em Campos. O primeiro Oftalmologista a fazer cirurgia extra-capsular planejada de catarata, usando cânulas de irrigação/aspiração em 1973 e o primeiro Oftalmologista a adaptar Lentes de Contato em pacientes em Campos.

Como docente, atuou como Professor Titular de Clínica Oftalmológica da Faculdade de Medicina de Campos, por aprovação do Conselho Federal de Medicina desde 1969, coordenou o Internato da Faculdade de Medicina de Campos. Membro e Secretário Executivo da Comissão de Implantação da Faculdade de Medicina de Campos, de 1965 a 1967.

Fundou e foi o 1º Presidente da Sociedade Campista de Oftalmologia em 1972. Também é Membro da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e Honorário da Academia Nacional de Medicina.

Informações do Honorário

Outorga: 23/06/2005

Diploma: 13/10/2005

Classificação: Nacional

Informações do Honorário

Outorga: 23/06/2005

Diploma: 13/10/2005

Classificação: Nacional

Graduado em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil, tendo o título de especialista do Conselho Brasileiro de Oftalmologia/Associação Médica Brasileira. Destacou-se como o primeiro Oftalmologista a realizar transplantes de córnea no antigo Estado do Rio de Janeiro, em Campos, em 1959, ainda foi o primeiro Oftalmologista a realizar cria-extração de catarata no antigo Estado do Rio de Janeiro, em Campos. O primeiro Oftalmologista a fazer cirurgia extra-capsular planejada de catarata, usando cânulas de irrigação/aspiração em 1973 e o primeiro Oftalmologista a adaptar Lentes de Contato em pacientes em Campos.

Como docente, atuou como Professor Titular de Clínica Oftalmológica da Faculdade de Medicina de Campos, por aprovação do Conselho Federal de Medicina desde 1969, coordenou o Internato da Faculdade de Medicina de Campos. Membro e Secretário Executivo da Comissão de Implantação da Faculdade de Medicina de Campos, de 1965 a 1967.

Fundou e foi o 1º Presidente da Sociedade Campista de Oftalmologia em 1972. Também é Membro da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e Honorário da Academia Nacional de Medicina.