Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EnglishPortuguêsEspañol

Antonio Ferreira França Filho

Nasceu em 28 de abril de 1816 na Cidade de Salvador, no Estado da Bahia. Filho Antônio Ferreira França e de Ana da Costa Barradas.

Foi eminente médico, filosofo e humanista. Desempenhou um papel preponderante no tabuleiro político e cultural na primeira metade do século XIX.

Considerado uma das grandes figuras intelectuais clássicas da Bahia no final do século XIX, tendo como testemunha o conceito unanime de destacados historiadores e biógrafos da época.

Bacharelou-se em letras, no ano de 1834, em Paris e logo em seguida em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1840.

Atuou como médico e cirurgião na Santa Casa da Misericórdia e na Ordem dos Mínimos de São Francisco de Paula, tendo ainda prestado serviços profissionais à Cooperação dos Ourives e ao Instituto Acadêmico que, com láurea e gratidão, lhe conferiram mais tarde, títulos honoríficos.

Faleceu em setembro de 1900.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 57

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção:

Eleição: 30/04/1846

Posse: 30/04/1846

Sob a presidência: Joaquim Candido Soares de Meirelles

Falecimento: 01/09/1900

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 57

Cadeira: -

Membro: Titular

Secção:

Eleição: 30/04/1846

Posse: 30/04/1846

Sob a presidência: Joaquim Candido Soares de Meirelles

Falecimento: 01/09/1900

Nasceu em 28 de abril de 1816 na Cidade de Salvador, no Estado da Bahia. Filho Antônio Ferreira França e de Ana da Costa Barradas.

Foi eminente médico, filosofo e humanista. Desempenhou um papel preponderante no tabuleiro político e cultural na primeira metade do século XIX.

Considerado uma das grandes figuras intelectuais clássicas da Bahia no final do século XIX, tendo como testemunha o conceito unanime de destacados historiadores e biógrafos da época.

Bacharelou-se em letras, no ano de 1834, em Paris e logo em seguida em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1840.

Atuou como médico e cirurgião na Santa Casa da Misericórdia e na Ordem dos Mínimos de São Francisco de Paula, tendo ainda prestado serviços profissionais à Cooperação dos Ourives e ao Instituto Acadêmico que, com láurea e gratidão, lhe conferiram mais tarde, títulos honoríficos.

Faleceu em setembro de 1900.

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.