Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Alfredo da Silva Moreira

Nasceu em 25 de janeiro de 1871, em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro.

Formado em Farmácia pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1889.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1916, apresentando a memória intitulada “Incompatibilidade na arte de formular e na prática farmacêutica”. Sua cerimônia de posse ocorreu no mesmo ano de sua eleição tendo sob a presidência o Acad. Miguel de Oliveira Couto. Durante o período em que esteve na instituição exerceu o cargo de Tesoureiro (1938-1939) (1939-1940) (1941-1942). Transferiu-se para a classe dos Membros Eméritos em 1945.

Foi um dos fundadores e o primeiro vice-presidente da Associação Brasileira de Farmacêuticos, em 1916. Passou a integrar o Conselho Científico de Farmácia em 1920.

Elaborou a “Pharmacopeia Brasileira” juntamente com uma comissão na qual se constituía de Professores Drs. Antonio Pacheco Leão, Renato de Souza Lopes e Artidonio Pamplona e os Farmacêuticos Malhado Filho e Isaac Werneck da Silva Santos.

Foi homenageado pela Academia Brasileira de Farmácia Militar sendo Patrono da Cadeira 63.

Faleceu em 17 de maio de 1957, na cidade do Rio de Janeiro.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 275

Cadeira: 98 - Adolpho Frederico Luna Freire

Membro: Emérito

Secção: Ciencias aplicadas à Medicina

Eleição: 12/04/1916

Posse: 22/06/1916

Sob a presidência: Miguel de Oliveira Couto

Saudado: Orlando da Fonseca Rangel

Emerência: 09/08/1945

Antecessor: Domingos Alberto Niobey

Falecimento: 17/05/1957

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 275

Cadeira: 98 - Adolpho Frederico Luna Freire

Membro: Emérito

Secção: Ciencias aplicadas à Medicina

Eleição: 12/04/1916

Posse: 22/06/1916

Sob a presidência: Miguel de Oliveira Couto

Saudado: Orlando da Fonseca Rangel

Emerência: 09/08/1945

Antecessor: Domingos Alberto Niobey

Falecimento: 17/05/1957

Nasceu em 25 de janeiro de 1871, em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro.

Formado em Farmácia pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1889.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1916, apresentando a memória intitulada “Incompatibilidade na arte de formular e na prática farmacêutica”. Sua cerimônia de posse ocorreu no mesmo ano de sua eleição tendo sob a presidência o Acad. Miguel de Oliveira Couto. Durante o período em que esteve na instituição exerceu o cargo de Tesoureiro (1938-1939) (1939-1940) (1941-1942). Transferiu-se para a classe dos Membros Eméritos em 1945.

Foi um dos fundadores e o primeiro vice-presidente da Associação Brasileira de Farmacêuticos, em 1916. Passou a integrar o Conselho Científico de Farmácia em 1920.

Elaborou a “Pharmacopeia Brasileira” juntamente com uma comissão na qual se constituía de Professores Drs. Antonio Pacheco Leão, Renato de Souza Lopes e Artidonio Pamplona e os Farmacêuticos Malhado Filho e Isaac Werneck da Silva Santos.

Foi homenageado pela Academia Brasileira de Farmácia Militar sendo Patrono da Cadeira 63.

Faleceu em 17 de maio de 1957, na cidade do Rio de Janeiro.