Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Luiz Renato Carneiro da Silva Caldas

Nasceu em 15 de julho de 1929, em Macaé, (RJ).

Filho de Jorge Ribeiro da Silva Caldas e Clarisse Carneiro da Silva Caldas.

Graduou-se em Medicina pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil, hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1954.

Em 1958, foi designado Chefe do Laboratório de Radiologia do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tendo sido introdutor da especialidade do Brasil, após dois anos de trabalho no Institut Du Radium da Universidade de Paris, hoje Institut Curie.

Em 1960 e 1963, respectivamente, recebeu os títulos de Doutor em Medicina e Livre Docente em Biofísica, ambos obtidos na Universidade Federal do Rio de janeiro. Em 1963, foi designado Chefe de Clínica do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro e, em 1968, atingiu no mesmo Hospital a Chefia do Serviço. Em 1964 e 1965 foi membro da comissão Deliberativa da Comissão Nacional de Energia Nuclear do Brasil.

Em 1971 foi nomeado Pesquisador Conferencista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Pesquisador Titular) do Brasil.

De 1973 a 1977 foi Sub-Reitor de ensino para graduados e Pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

De 1977 a 1981 foi Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e, em 1960 e 1961 Secretário Científico do “United Nations Scientific Committee on the effects of Radiation”.

Participou de mais de 60 Congressos ou Simpósios Científicos Nacionais e Internacionais. Publicou cerca de 110 trabalhos, entre teses, comunicações, participações em livros, relatórios, etc.

Como pesquisador dedicou-se sempre à Radio e Fotobiologia.

Foi membro de 12 associações científicas e do corpo editorial de três revistas científicas internacionais.

Desenvolveu toda a sua atividade de Professor na Universidade do Rio de Janeiro (Instituto de Biofísica), examinando concursos e orientando várias teses de Mestrado e Doutorado em Biofísica.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Fotosensibilização. Ação Fotodinâmica, Fototerapia”.

Faleceu no dia 22 de setembro de 1991.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 532

Cadeira: 84 - Manoel de Abreu

Membro: Titular

Secção: Ciencias aplicadas à Medicina

Eleição: 12/05/1983

Posse: 05/07/1983

Sob a presidência: Deolindo Augusto de Nunes Couto

Saudado: Carlos Chagas Filho

Antecessor: Lauro Sollero

Falecimento: 22/09/1991

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 532

Cadeira: 84 - Manoel de Abreu

Membro: Titular

Secção: Ciencias aplicadas à Medicina

Eleição: 12/05/1983

Posse: 05/07/1983

Sob a presidência: Deolindo Augusto de Nunes Couto

Saudado: Carlos Chagas Filho

Antecessor: Lauro Sollero

Falecimento: 22/09/1991

Nasceu em 15 de julho de 1929, em Macaé, (RJ).

Filho de Jorge Ribeiro da Silva Caldas e Clarisse Carneiro da Silva Caldas.

Graduou-se em Medicina pela Faculdade Nacional de Medicina da Universidade do Brasil, hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1954.

Em 1958, foi designado Chefe do Laboratório de Radiologia do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tendo sido introdutor da especialidade do Brasil, após dois anos de trabalho no Institut Du Radium da Universidade de Paris, hoje Institut Curie.

Em 1960 e 1963, respectivamente, recebeu os títulos de Doutor em Medicina e Livre Docente em Biofísica, ambos obtidos na Universidade Federal do Rio de janeiro. Em 1963, foi designado Chefe de Clínica do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro e, em 1968, atingiu no mesmo Hospital a Chefia do Serviço. Em 1964 e 1965 foi membro da comissão Deliberativa da Comissão Nacional de Energia Nuclear do Brasil.

Em 1971 foi nomeado Pesquisador Conferencista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Pesquisador Titular) do Brasil.

De 1973 a 1977 foi Sub-Reitor de ensino para graduados e Pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

De 1977 a 1981 foi Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e, em 1960 e 1961 Secretário Científico do “United Nations Scientific Committee on the effects of Radiation”.

Participou de mais de 60 Congressos ou Simpósios Científicos Nacionais e Internacionais. Publicou cerca de 110 trabalhos, entre teses, comunicações, participações em livros, relatórios, etc.

Como pesquisador dedicou-se sempre à Radio e Fotobiologia.

Foi membro de 12 associações científicas e do corpo editorial de três revistas científicas internacionais.

Desenvolveu toda a sua atividade de Professor na Universidade do Rio de Janeiro (Instituto de Biofísica), examinando concursos e orientando várias teses de Mestrado e Doutorado em Biofísica.

Na ocasião de sua candidatura a Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, apresentou memória intitulada “Fotosensibilização. Ação Fotodinâmica, Fototerapia”.

Faleceu no dia 22 de setembro de 1991.