Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Manoel José de Oliveira

Nasceu em 27 de agosto de 1828, no Rio de Janeiro. Filho de Manoel José de Oliveira.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1852, defendendo tese intitulada “Que Fenômenos se Passam no Pericarpo na Época da Disseminação”.

Serviu a sua pátria como cirurgião-mor da Brigada durante a Guerra do Paraguai, entre 1864 a 1870.

Atuou como diretor do Hospital Real do Rio de Janeiro em 1870.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, em 1878, apresentando a memória intitulada “Nevrose com Sintomas de Hidrophobia”.

Publicou trabalhos de sua especialidade, dentre estes a “Contribuição para o estudo das moléstias da guarnição da Corte” (1883).

Faleceu em 26 de novembro de 1883.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 122

Cadeira: 41 - José Martins da Cruz Jobim

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 25/11/1878

Posse: 25/11/1878

Sob a presidência: José Pereira Rego (Barão do Lavradio)

Antecessor: José Martins da Cruz Jobim

Falecimento: 26/11/1883

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 122

Cadeira: 41 - José Martins da Cruz Jobim

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 25/11/1878

Posse: 25/11/1878

Sob a presidência: José Pereira Rego (Barão do Lavradio)

Antecessor: José Martins da Cruz Jobim

Falecimento: 26/11/1883

Nasceu em 27 de agosto de 1828, no Rio de Janeiro. Filho de Manoel José de Oliveira.

Doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1852, defendendo tese intitulada “Que Fenômenos se Passam no Pericarpo na Época da Disseminação”.

Serviu a sua pátria como cirurgião-mor da Brigada durante a Guerra do Paraguai, entre 1864 a 1870.

Atuou como diretor do Hospital Real do Rio de Janeiro em 1870.

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina, em 1878, apresentando a memória intitulada “Nevrose com Sintomas de Hidrophobia”.

Publicou trabalhos de sua especialidade, dentre estes a “Contribuição para o estudo das moléstias da guarnição da Corte” (1883).

Faleceu em 26 de novembro de 1883.