Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

Silvio Mário de Sá Freire

Nasceu em 4 de julho de 1867, no município de Itaguaí, no Estado do Rio de Janeiro. Filho de Luiz Mário de Sá Freire e de D. Maria da Glória Cardoso Freire.

Formou-se em Farmácia em 1889 e posteriormente doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1894, na qual defendeu a tese intitulada “Tratamento das hérnias abdominais”. Se especializou em obstetrícia e ginecologia.

Dirigiu a clínica cirúrgica da Associação dos Empregados do Comércio do Rio de Janeiro e participou do 3º Congresso Latino Americano.

Integrou sociedades conhecidas como por exemplo, Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, na qual foi membro e vice-presidente (1904-1905).

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1912, apresentando memória intitulada “Causas determinantes do parto a termo”. Sua cerimônia de posse foi realizada sob a presidência do Acad. Carlos Pinto Seidl e foi saudado pelo Acad. Anísio de Castro Peixoto. Tornou-se Membro Emérito em 1938.

Publicou vários trabalhos de sua especialidade, dentre estes “O tríplice caso de dystocia” (1905), “Das injeções intra-uterinas” (1905), “Sobre a eclampsia puerperal” (1905), “Hematocolpometro operado, cura” (1905), “Placenta prévia” (1908).

Faleceu em 24 de fevereiro de 1956 no Rio de Janeiro.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 265

Cadeira: 66 - José Cardoso de Moura Brasil

Membro: Emérito

Secção: Cirurgia

Eleição: 18/07/1912

Posse: 12/09/1912

Sob a presidência: Carlos Pinto Seidl

Saudado: Anísio de Castro Peixoto

Emerência: 22/09/1938

Antecessor: Henrique Rodolpho Baptista

Falecimento: 24/02/1956

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 265

Cadeira: 66 - José Cardoso de Moura Brasil

Membro: Emérito

Secção: Cirurgia

Eleição: 18/07/1912

Posse: 12/09/1912

Sob a presidência: Carlos Pinto Seidl

Saudado: Anísio de Castro Peixoto

Emerência: 22/09/1938

Antecessor: Henrique Rodolpho Baptista

Falecimento: 24/02/1956

Nasceu em 4 de julho de 1867, no município de Itaguaí, no Estado do Rio de Janeiro. Filho de Luiz Mário de Sá Freire e de D. Maria da Glória Cardoso Freire.

Formou-se em Farmácia em 1889 e posteriormente doutorou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1894, na qual defendeu a tese intitulada “Tratamento das hérnias abdominais”. Se especializou em obstetrícia e ginecologia.

Dirigiu a clínica cirúrgica da Associação dos Empregados do Comércio do Rio de Janeiro e participou do 3º Congresso Latino Americano.

Integrou sociedades conhecidas como por exemplo, Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, na qual foi membro e vice-presidente (1904-1905).

Eleito Membro Titular da Academia Nacional de Medicina em 1912, apresentando memória intitulada “Causas determinantes do parto a termo”. Sua cerimônia de posse foi realizada sob a presidência do Acad. Carlos Pinto Seidl e foi saudado pelo Acad. Anísio de Castro Peixoto. Tornou-se Membro Emérito em 1938.

Publicou vários trabalhos de sua especialidade, dentre estes “O tríplice caso de dystocia” (1905), “Das injeções intra-uterinas” (1905), “Sobre a eclampsia puerperal” (1905), “Hematocolpometro operado, cura” (1905), “Placenta prévia” (1908).

Faleceu em 24 de fevereiro de 1956 no Rio de Janeiro.