Área do acadêmico Transmissão ao vivo
EN PT ES

José Sarmento Barata

Nascido em 21/08/1900, em Porto Alegre – Rio Grande do Sul. Filho de Manoel Tomaz Sarmento Barata e de D. Maria da Glória Soares Sarmento Barata. Formou em 1923, pela Faculdade de Porto Alegre. Defendeu tese de doutoramento: “Estudo sobre a lepra no Rio Grande do Sul”.

Títulos:

Interno do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre durante os anos 1918, 1919, 1920, 1921,1922 e 1923.

Ajudante de preparador da cadeira de Parasitologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre durante os anos de 1018 e 1919.

Ajudante de Preparador da Cadeira de Microbiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre-1920.

Interno da primeira Cadeira de Clínica Médica, Prof. Octavio de Souza, da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre, durante os anos de 1920, 1921, 1922,1923.

Ajudante de preparador da Cadeira de Farmacologia, durante o ano de 1921.

Assistente e Chefe de clínica da primeira cadeira de clínica médica, Prof. Octavio de Souza, da Faculdade de medicina da Universidade de Porto Alegre de 1924 a 1935.

Preparador da cadeira de Patologia Geral da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre durante os anos de 1926 e 1927, tendo ocupado a cátedra interinamente durante cinco meses.

Medalha de Ouro- Prêmio Oswaldo Cruz-conferido pela congregação de Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre em 1923.

Membro efetivo da Sociedade de Medicina de Porto Alegre.

Membro efetivo da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro.

Diretor do serviço de Radiologia do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

Membro do Congresso Nacional de Medicina realizado na Cidade do Rio de Janeiro em comemoração ao Centenário da Academia Nacional de Medicina- 1929.

Idealizador e um dos Fundadores do grande Hospital Belém para tuberculose no estado do Rio Grande do Sul.

Fundador e Ex-Diretor do Instituto Modelo de diagnóstico: “Instituto de Clínicas”.

Na Academia Nacional de Medicina inscreveu-se, em 12/06/1940, como candidato à vaga decorrente da transferência do Acad. Abdon Eloy Estelita Lins para a Secção de Ciências Aplicadas à medicina, onde ocupou a cadeira do Acadêmico Neves Armond que, em 06/06/1940 e em sessão de 31/10/1940, presidida pelo Acadêmico Joaquim Moreira da Fonseca, foi realizada a cerimônia de posse, sendo a oração de paraninfo proferida pelo Acad. Manoel de Abreu. Acompanharam o novo Titular ao recinto, os Acads. Manoel de Abreu, Leonel Gonzaga e Raul Sanson.

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 371

Cadeira: 50 - Antônio Fernandes Figueira

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 26/09/1940

Posse: 31/10/1940

Sob a presidência: Aloysio de Castro

Saudado: Manoel de Abreu

Antecessor: Abdon Eloy Estellita Lins

Falecimento: 04/03/1987

Informações do Acadêmico

Número acadêmico: 371

Cadeira: 50 - Antônio Fernandes Figueira

Membro: Titular

Secção: Medicina

Eleição: 26/09/1940

Posse: 31/10/1940

Sob a presidência: Aloysio de Castro

Saudado: Manoel de Abreu

Antecessor: Abdon Eloy Estellita Lins

Falecimento: 04/03/1987

Nascido em 21/08/1900, em Porto Alegre – Rio Grande do Sul. Filho de Manoel Tomaz Sarmento Barata e de D. Maria da Glória Soares Sarmento Barata. Formou em 1923, pela Faculdade de Porto Alegre. Defendeu tese de doutoramento: “Estudo sobre a lepra no Rio Grande do Sul”.

Títulos:

Interno do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre durante os anos 1918, 1919, 1920, 1921,1922 e 1923.

Ajudante de preparador da cadeira de Parasitologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre durante os anos de 1018 e 1919.

Ajudante de Preparador da Cadeira de Microbiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre-1920.

Interno da primeira Cadeira de Clínica Médica, Prof. Octavio de Souza, da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre, durante os anos de 1920, 1921, 1922,1923.

Ajudante de preparador da Cadeira de Farmacologia, durante o ano de 1921.

Assistente e Chefe de clínica da primeira cadeira de clínica médica, Prof. Octavio de Souza, da Faculdade de medicina da Universidade de Porto Alegre de 1924 a 1935.

Preparador da cadeira de Patologia Geral da Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre durante os anos de 1926 e 1927, tendo ocupado a cátedra interinamente durante cinco meses.

Medalha de Ouro- Prêmio Oswaldo Cruz-conferido pela congregação de Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre em 1923.

Membro efetivo da Sociedade de Medicina de Porto Alegre.

Membro efetivo da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro.

Diretor do serviço de Radiologia do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

Membro do Congresso Nacional de Medicina realizado na Cidade do Rio de Janeiro em comemoração ao Centenário da Academia Nacional de Medicina- 1929.

Idealizador e um dos Fundadores do grande Hospital Belém para tuberculose no estado do Rio Grande do Sul.

Fundador e Ex-Diretor do Instituto Modelo de diagnóstico: “Instituto de Clínicas”.

Na Academia Nacional de Medicina inscreveu-se, em 12/06/1940, como candidato à vaga decorrente da transferência do Acad. Abdon Eloy Estelita Lins para a Secção de Ciências Aplicadas à medicina, onde ocupou a cadeira do Acadêmico Neves Armond que, em 06/06/1940 e em sessão de 31/10/1940, presidida pelo Acadêmico Joaquim Moreira da Fonseca, foi realizada a cerimônia de posse, sendo a oração de paraninfo proferida pelo Acad. Manoel de Abreu. Acompanharam o novo Titular ao recinto, os Acads. Manoel de Abreu, Leonel Gonzaga e Raul Sanson.